domingo, 26 de março de 2017

Dinâmica Quaresmal - Das cinzas a Pentecostes - Contemplação





Prepare uma talha (pote) em frente ao altar onde os catequistas fazem a oração comunitária. No Altar deve ser entronizado a Palavra de Deus ao lado da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Prepare também 6 envelopes com as palavras da fonte da Alegria para ser colocado, um a um conforme as semanas. Na boca da Talha você coloca o terço. Não coloque muitas flores pois estamos na quaresma.

SEMANAS
FONTES DA ALEGRIA
4.ª Semana
5.ª Semana
ORAÇÃO (AMIZADE COM CRISTO)
Semana Santa
SACRIFÍCIO (DOM DE SI MESMO)

Oração para todos os dias – Sinal da Cruz (Ajudar as crianças a persignar-se) - Oração ao Espírito Santo

Catequista: Senhor DEUS, nosso Pai e nosso Criador, renova a cada um de nós neste momento: Dá-nos uma nova vida em Ti. Toca no coração de cada um aqui presente e faz-nos sentir o TEU AMOR em nós através da Paixão, morte e Ressurreição do Vosso Filho Jesus Cristo.

Crianças: Papai do Céu, Ajuda-me a entender e viver a Quaresma de uma forma que me permita celebrar esse mesmo Amor. Ajuda-me a preparar o meu coração para que eu possa viver estas semanas da Quaresma, junto com minha família, de uma maneira que eu sinta uma profunda tristeza pelos meus pecados, mas também, o Teu Imenso Amor Eterno por mim.

Todos: Pai Santo, que TEU querido Filho Jesus mande sobre nós VOSSO Santo Espírito, afim de que possa conduzir-nos neste tempo favorável a uma sincera conversão. Precisamos, Senhor, viver a Graça do nosso Batismo, morrendo para o que não é Teu e ressuscitando conforme à Tua Vontade. Que a Tua Palavra nos conduza durante todos os dias deste Retiro Quaresmal, Com o Jejum, a Oração e a Caridade operosa, unida à penitência, esperando a Vida Nova na Páscoa! Amém!

Cantar um cântico de aclamação: Muito silêncio... Usar o cântico completo – Antes e depois da Proclamação do Evangelho. O Evangelho também pode ser encenado.

Muito silêncio crianças, Deus agora vai falar.
A palavra de Deus que está na bíblia, Palavra santa que nós vamos escutar.

         Dia 25 de março –


         Palavras de Jesus: “'Eu vim a este mundo para exercer um julgamento, a fim de que os que não veem, vejam, e os que veem se tornem cegos.'”. João 9:39

Está palavra que ouvimos, é palavra da verdade.
É pra gente vive-la com carinho, Para felizes nos unirmos de verdade.

FONTE DA ALEGRIA – CONTEMPLAÇÃO – Quarto envelope




Na quarta semana da Quaresma, o Evangelho da cura do cego de nascença (Jo 9,1-40) ajuda-nos a meditar no Batismo, como sacramento da iluminação, e a abraçar a fé como uma nova visão, “como um caminho do olhar em que os olhos se habituam a ver em profundidade” (Papa Francisco, Lumen Fidei, 30). Somos despertados para a necessidade de um novo olhar, de um olhar contemplativo pois, “só quando somos configurados com Jesus é que recebemos o olhar adequado para o ver” (Ibidem, 31). Por isso, a fonte da alegria que propomos é a CONTEMPLAÇÃO, esse olhar novo e profundo, com os olhos de Deus. “A contemplação é o olhar da fé, fixado em Jesus. «Eu olho para Ele e Ele olha para mim» – dizia, no tempo do seu santo Cura, um camponês d’Ars em oração diante do sacrário. Esta atenção a Ele é renúncia ao «eu». O seu olhar purifica o coração. A luz do olhar de Jesus ilumina os olhos do nosso coração; ensina-nos a ver tudo à luz da sua verdade e da sua compaixão para com todos os homens. A contemplação dirige também o seu olhar para os mistérios da vida de Cristo. E assim aprende o conhecimento íntimo do Senhor» para mais O amar e seguir” (CIC 2715). Aquele que não aprende a olhar com os olhos de Jesus (contemplar) jamais será capaz de ver a verdade.

Tarefas para casa:

Dízimo
Leia do versículo 35 ao 39 e escreva uma carta para Jesus dizendo porque você acredita nELE.

SE VC GOSTOU DEIXE SEU COMENTÁRIO! é MUITO IMPORTANTE PARA NÓS SABERMOS A SUA OPINIÃO.


domingo, 19 de março de 2017

Dinâmica Quaresmal - Das cinzas a Pentecostes - Adoração



Prepare uma talha (pote) em frente ao altar onde os catequistas fazem a oração comunitária. No Altar deve ser entronizado a Palavra de Deus ao lado da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Prepare também 6 envelopes com as palavras da fonte da Alegria para ser colocado, um a um conforme as semanas (como iniciamos uma semana depois da quaresma faremos a colocação de 2 envelopes na 1ª semana). Na boca da Talha você coloca o terço. Não coloque muitas flores pois estamos na quaresma.


SEMANAS
FONTES DA ALEGRIA
4.ª Semana
5.ª Semana
ORAÇÃO (AMIZADE COM CRISTO)
Semana Santa
SACRIFÍCIO (DOM DE SI MESMO)

Oração para todos os dias – Sinal da Cruz (Ajudar as crianças a persignar-se) - Oração ao Espírito Santo

Catequista: Senhor DEUS, nosso Pai e nosso Criador, renova a cada um de nós neste momento: Dá-nos uma nova vida em Ti. Toca no coração de cada um aqui presente e faz-nos sentir o TEU AMOR em nós através da Paixão, morte e Ressurreição do Vosso Filho Jesus Cristo.

Crianças: Papai do Céu, Ajuda-me a entender e viver a Quaresma de uma forma que me permita celebrar esse mesmo Amor. Ajuda-me a preparar o meu coração para que eu possa viver estas semanas da Quaresma, junto com minha família, de uma maneira que eu sinta uma profunda tristeza pelos meus pecados, mas também, o Teu Imenso Amor Eterno por mim.


Todos: Pai Santo, que TEU querido Filho Jesus mande sobre nós VOSSO Santo Espírito, afim de que possa conduzir-nos neste tempo favorável a uma sincera conversão. Precisamos, Senhor, viver a Graça do nosso Batismo, morrendo para o que não é Teu e ressuscitando conforme à Tua Vontade. Que a Tua Palavra nos conduza durante todos os dias deste Retiro Quaresmal, Com o Jejum, a Oração e a Caridade operosa, unida à penitência, esperando a Vida Nova na Páscoa! Amém!

Cantar um cântico de aclamação: Muito silêncio... Usar o cântico completo – Antes e depois da Proclamação do Evangelho. O Evangelho também pode ser encenado.


         Dia 11 de março - Evangelho: Jo 2,1-7. (Só hoje o Evangelho será encenado. Nas demais semanas, durante a quaresma devemos apenas contar a história de maneira rápida para o entendimento das crianças. Quando chegar na parte de encher as talhas de água, pronuncia-se as Palavras de Jesus referente a nossa reflexão e a fonte da Alegria. Proclamado ou encenado, o Evangelho deve parar no versículo 7.)  


Palavras de Maria: “Fazei tudo quanto ele vos disser”. João 2:5


Aqui Nossa Senhora nos ensina o caminho do amor e da obediência à Palavra de Deus. Aquele que obedece a Palavra de Deus tem a salvação por certeza.

Palavras de Jesus: “Enchei de água essas talhas”. João 2:7

Sabemos que Jesus irá transformar a água em vinho. Esta transformação nas bodas de Caná coloca-nos na dimensão simbólica do Batismo e da Eucaristia, nesta Quaresma, do Ano A, fortemente marcada pela dimensão batismal, que começam precisamente com o mergulho na água batismal e têm o seu coroamento à mesa da Eucaristia, com a fração do pão ázimo e a elevação da taça do vinho novo. Para quem não sabe, o Batismo dos neo-catecúmenos é feito na Vigília Pascal.

As grandes Talhas de pedra que Jesus manda encher de água para transformar em vinho (cf. Jo 2,7) são sinal da passagem da antiga para a nova aliança: no lugar da água usada para a purificação ritual, recebemos o Sangue de Jesus. Os Sacramentos, que brotam do Mistério pascal, infundem em nós a força sobrenatural e permitem saborear a misericórdia infinita de Deus” (Papa Francisco, Angelus, 17.01.2016).

A Água que iremos colocar nestas talhas irá se transformar na fonte de nossa alegria:


FONTE DA ALEGRIA - CONVERSÃO – Primeiro envelope

FONTE DA ALEGRIA – PALAVRA DE DEUS - Segundo envelope
http://catequesedaparquiadeipu.blogspot.com.br/2017/03/dinamica-quaresmal-das-cinzas_19.html

FONTE DA ALEGRIA – ADORAÇÂO- Terceiro envelope


         Dia 18 de março - Palavras de Jesus: “Mas está chegando a hora, e é agora, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e verdade. De fato, estes são os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito e aqueles que o adoram devem adorá-lo em espírito e verdade”. João 4:23-24

Aqui precisamos ensinar as crianças dois momentos muito importantes na santa missa que não podemos, em hipótese nenhuma, desviar a nossa atenção: primeiro o momento mais solene em que todos se ajoelham diante da transformação do Pão e do vinho em Corpo e Sangue do Senhor; o segundo momento e muito parecido mais requer mais atenção. É logo após o abraço da paz. Precisamos tomar cuidado para não sairmos do lugar pois, logo em seguida adoramos ao Senhor na Elevação do Santíssimo com as Palavras: Por Cristo, com Cristo e em Cristo. Tarefas para casa: 1) Pergunte para seus pais se eles costumam participar da adoração ao Santíssimo. 2) Escreva uma carta para Jesus dizendo porque quer adorá-lO e prometa que irá sempre escutar a SUA PALAVRA.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Dinâmica Quaresmal - Das cinzas a Pentecostes - Conversão e Palavra de Deus





Prepare uma talha (pote) em frente ao altar onde os catequistas fazem a oração comunitária. No Altar deve ser entronizado a Palavra de Deus ao lado da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Prepare também 6 envelopes com as palavras da fonte da Alegria para ser colocado, um a um conforme as semanas (como iniciamos uma semana depois da quaresma faremos a colocação de 2 envelopes na 1ª semana). Na boca da Talha você coloca o terço. Não coloque muitas flores pois estamos na quaresma.


SEMANAS
1.ª Semana
CONVERSÃO
2.ª Semana
PALAVRA (ESCUTA DA)
3.ª Semana
4.ª Semana
CONTEMPLAÇÃO
5.ª Semana
ORAÇÃO (AMIZADE COM CRISTO)
Semana Santa
SACRIFÍCIO (DOM DE SI MESMO)

Oração para todos os dias – Sinal da Cruz (Ajudar as crianças a persignar-se) - Oração ao Espírito Santo

Catequista: Senhor DEUS, nosso Pai e nosso Criador, renova a cada um de nós neste momento: Dá-nos uma nova vida em Ti. Toca no coração de cada um aqui presente e faz-nos sentir o TEU AMOR em nós através da Paixão, morte e Ressurreição do Vosso Filho Jesus Cristo.

sábado, 4 de março de 2017

Dinâmica Quaresmal - Das Cinzas a Pentecostes



 A quaresma é um tempo em que nos reunimos como igreja para fazer um grande Retiro Espiritual. Todos os anos, a catequese da Paróquia São Sebastião de Ipu faz um grande retiro que começa na quaresma e vai até pentecostes. Neste ano dedicado a Nossa Senhora pelos 300 anos de Aparecida não poderia ser diferente.
Caminhada Quaresmal – Das cinzas a Pentecostes
1ª Parte
A experiência catequética que vamos adquirindo ao ritmo do caminho da comunidade nos propõe uma experiência Pascal dentro da Igreja, buscando fazer da alegria do Evangelho sua intransferível missão como discípulos de Jesus.
Ao pensar na caminhada catequética, das Cinzas ao Pentecostes de 2017, temos em conta a oportunidade singular que a própria liturgia nos oferece de nos reconduzir às fontes da alegria, uma vez que a Quaresma do Ano A tem um afirmado sentido “sacramental”. Mesmo não recebendo os sacramentos de Iniciação nesta época, buscamos fazer da quaresma e da Páscoa um tempo de purificação e iluminação, para no final do ano estarmos prontos para o nosso encontro com Jesus Sacramentado. Para aqueles que já são batizados, crismados e alimentados na Eucaristia, a Quaresma é oportunidade de revitalizar a graça recebida e de se deixar renovar nas fontes da alegria, de modo que transbordem e irradiem, por onde passar. O tempo pascal é por excelência o tempo da mistagogia, propício a saborear e a partilhar, em chave missionária, a graça recebida.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Dinâmica de Apresentação e acolhida - Me diga o nome


             
Uma das maiores dificuldades das pessoas nos dias de hoje é o conhecimento. Muita gente tem um montão de amigos, principalmente nas redes sociais e não os conhecem realmente como são. Muitas pessoas colocam frases feitas  como mensagens de acolhida sem se preocupar com os verdadeiros sentimentos.  Na vida real as coisas são diferentes. Muitas vezes  vemos as pessoas todos os dias mais não trocamos uma palavra com eles. Na catequese não pôde ser assim. Todos devem se conhecer, chamar sempre pelo nome, de preferencia pelo nome de batismo.
              A vida de Zaqueu foi transformada a partir do momento que Jesus o chamou pelo nome. E esta foi a maior experiência de Zaqueu em toda a sua vida. Zaqueu não conhecia Jesus, mas Jesus o conhecia.
           
Esse é o Deus que conhece todas as pessoas... O Deus que chama estranhos pelo nome... O nosso Deus, que é nosso Pai, e como todo Pai amoroso conhece todos os seus filhos e os chama pelo nome.
No vídeo abaixo um karaokê, música com letra, para que as crianças se apresentem brincando e aprendam o nome uns dos outros.  Use da criatividade.
              Uma dica é que os catequistas aprendam antecipadamente a música e possam cantar enquanto as crianças dizem o nome. Diga as crianças que quando a música para a criança que estiver com o objeto nas mãos deve dizer seu nome assim: Meu nome é___(Luis, Pedro ...) Faz-se um círculo somente com as crianças e os catequistas em volta cantam e batem palmas enquanto uma bola, flor ou outro objeto circula nas mãos das crianças até que a música pare. 
 

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

A teia do Conhecimento

Participantes: + - 20 pessoas.
Objetivo: Apresentação nos grupos; conhecimento mútuo; a importância de cada um assumir a sua parte na vida.
Tempo Estimado: 10 a 15 minutos.

Material: Um rolo (novelo) de fio ou lã. Fotos de cada participante. um isopor. Alfinete ou marcador de mural


Descrição: Dispor os participantes em círculo.
O coordenador toma nas mãos um novelo (rolo, bola) de cordão ou lã. Em seguida prende a ponta do mesmo em um dos dedos de sua mão e diz: "A partir de hoje o que irá nos unir será este novelo de lã".

Pedir para as pessoas prestarem atenção na apresentação que ele fará de si mesmo. Assim, logo após se apresentar brevemente, dizendo quem é, de onde vem, o que faz etc, joga o novelo para uma das pessoas à sua frente.

Está pessoa apanha o novelo e, após enrolar a linha em um dos dedos, irá repetir o que lembra sobre a pessoa que terminou de se apresentar e que lhe atirou o novelo. Após faze-lô, essa segunda pessoa irá se apresentar, dizendo quem é, de onde vem, o que faz etc…

Assim se dará sucessivamente, até que todos do grupo digam seus dados pessoais e se conheçam. O Rolo de lã deverá voltar para o coordenador. Como cada um atirou o novelo adiante, no final haverá no interior do círculo uma verdadeira teia de fios que os une uns aos outros.

Pedir para as pessoas dizerem:

– O que observaram;
– O que sentiram;
– O que significa a teia;
– O que aconteceria se um deles soltasse seu fio etc.

1ª Mensagem: Todos somos importantes na imensa teia que é a vida; ninguém pode ocupar o seu lugar. Você é único; não existe ninguém igual a você. Pense nisso.

Registre como ficou a teia para fazer o cartaz.
Colocar as fotos dos participantes em círculo no isopor  e colocar um alfinete na frente de cada foto e depois tecer a teia e colocar como mural.

Agora é hora de desfazer a teia. Começa novamente pelo coordenador. Ele retorna o novelo para a pessoa que jogou para ele chamando-á pelo nome e acrescentando uma qualidade vista na pessoa, como por exemplo: Rita, você é linda! João seu sorriso é cativante! (Importante: ao receber o rolo de lã deve enrolá-lo novamente para devolvê-lo.)

Quando o novelo chegar ao coordenador, este deve perguntar: " O que irá nos unir a partir de hoje será mesmo este novelo de lã? Esperar as respostas.

2ª Mensagem: O que une as pessoas são os ideais, o conhecimento entre ambos, as afeições e principalmente o AMOR. Este Amor é Deus. O que nos une de verdade é a presença de Deus em nossas vidas que deverá ser constante. A União vem do Amor (que é Deus) que nos une.