quinta-feira, 24 de abril de 2014

DINÂMICA CELEBRATIVA PARA A PÁSCOA - Como fazer

DINÂMICA PARA OS DOMINGOS DO TEMPO PASCAL


O tempo pascal compreende cinquenta dias (em grego = "pentecostes"), vividos e celebrados como um só dia: "os cinquenta dias entre o domingo da Ressurreição até o domingo de Pentecostes celebramos com alegria e júbilo, como se fosse um só e único dia festivo, como um grande domingo" (Normas Universais do Ano Litúrgico, n 22).
O tempo pascal começa na Vigília Pascal e celebrado durante sete semanas até Pentecostes. É  a Páscoa (passagem) de Cristo, do Senhor, que passou da morte à vida, a sua existência definitiva e gloriosa. É a páscoa também da Igreja, seu Corpo, que é introduzida na Vida Nova de seu Senhor relembrando o dia do primeiro Pentecostes.
Nossa catequese celebrará uma grande páscoa que durará estes 50 dias. A cada semana, por ocasião dos encontros de catequese e nosso encontro com o Senhor na liturgia, além de celebrar a Páscoa, estudaremos os Dons do Espírito Santo, com rigor de detalhes, um por um. Afinal, foi destes dons que nasceu a igreja. Da mesma forma, aprenderemos os frutos e virtudes, enquanto estudamos uma maneira de frutificar em nossas vidas.
Vejamos abaixo a relação para memorização:

Dons do Espírito Santo: Piedade, Temor de Deus, Fortaleza, Ciência, Entendimento, Conselho e Sabedoria.

Frutos do Espirito Santo: Caridade, Alegria, Paz, Paciência, Benignidade, Bondade, Fidelidade, Mansidão, Temperança.

Virtudes Teologais: Fé, Esperança e Caridade.

Virtudes Cardeais: Prudência, Temperança, Fortaleza e Justiça.

Leituras Dominicais

Domingo
1ª Leitura
2ª Leitura
Evangelho
I (Domingo de Páscoa)
Act 10, 34a.37-43
Col 3, 1-4
Jo 20, 1-9
II
Act 2, 42-47
1Pe 1, 3-9
Jo 20, 19-31
III
Act 2, 14.22-33
1Pe 1, 17-21
Lc 24, 13-35
IV
Act 2, 14a.36-41
1Pe 2, 20b-25
Jo 10, 1-10
V
Act 6, 1-7
1Pe 2, 4-9
Jo 14, 1-12
VI
Act 8, 5-8.14-17
1Pe 3, 15-18
Jo 14, 15-21
VII (Ascensão)
Act 1, 1-11
Ef 1, 17-23
Mt 28, 16-20
Pentecostes
Act 2, 1-11
1 Cor 12, 3b-7.12-13
Jo 20, 19-23

Dons de acordo com as leituras 

II Domingo da Páscoa
Entendimento
III Domingo da Páscoa
Ciência
IV Domingo da Páscoa
Conselho
V Domingo da Páscoa
Temor de Deus
VI Domingo da Páscoa
Piedade
Domingo da Ascensão do Senhor
Fortaleza
Domingo de Pentecostes
Sabedoria

Frutos de acordo com os Dons

Dons do Espírito Santo
Frutos do Espírito Santo
+
Virtudes cardeais e teologais
Piedade
Bondade e Benignidade
Temor de Deus
Temperança e Justiça
Fortaleza
Fortaleza e Paciência
Ciência
Esperança e Alegria
Entendimento
Fé e Fidelidade
Sabedoria
Paz e Caridade
Conselho
Prudência e Mansidão

A nossa Dinâmica começou ainda na quaresma quando estudamos o salmo um (os dois caminhos) e a árvore da vida, Jesus, terreno propício para enraizarmos e frutificarmos, nos Sacramentos.  Durante este tempo fincamos nossas raízes nos ensinamentos deixados pelos nossos antepassados, os patriarcas e profetas.  Na Semana Santa preparamos a Cruz do Senhor para ser o sustentáculo de nossas vidas. Foi na cruz que Jesus entregou toda Paixão pela humanidade. Esta Paixão é o tronco de nossa árvore. O Tempo Pascal irá nos orientar para os frutos que nascem da Ressurreição do Senhor. Agora, através dos dons que o Espírito Santo nos doa formaremos a copa da árvore. Somos nós, ligados em Jesus que proporcionamos sombra e descanso para nossos irmãos.
Enriquecidos pelos dons, começaremos a frutificar, lentamente, porem progressivo.
Desta forma, a cada domingo e semana do Tempo Pascal, estudaremos um dom e dois frutos (associamos aqui as virtudes teologais, as virtudes cardeais e os frutos do Espírito Santo). Todas as sextas feiras estaremos postando as dinâmicas de oração com os temas:
  
II Domingo da Páscoa - ENTENDER para CRER e SER FIEL

III Domingo da Páscoa - CONHECER para ter ESPERANÇA e SER ALEGRE

IV Domingo da Páscoa - ACONSELHAR para SER PRUDENTE e MANSO

V Domingo da Páscoa - Cultivar o TEMOR DE DEUS para crescer na TEMPERANÇA e na JUSTIÇA

VI Domingo da Páscoa - Ter PIEDADE para SER BOM e BENIGNO

VII Domingo da Páscoa (Ascensão do Senhor) - FORTALECER para SER FORTE e PACIENTE

Domingo de Pentecostes - SABER para alcançar a PAZ e a CARIDADE

Fonte de iluminação www diocese-porto.pt



sexta-feira, 11 de abril de 2014

DINÂMICA CELEBRATIVA PARA A PÁSCOA - A Cruz

Objetivo - Buscarmos a nossa santificação através de jejuns, orações e a memória da paixão e ressurreição de Nosso Senhor Jesus cristo. É o tempo propício para fazermos penitencia em preparação para a ressurreição, encontramos Jesus, aquele que vive e reina em nossas vidas. É neste tempo que temos a alegria de proclamarmos e anunciarmos que o Senhor está vivo em cada um de nós. De saber que somos livres da lei do pecado e da morte, pois pela lei do Espírito fomos libertos de todo julgo, de do mal, de todo pecado, de toda dor, de toda enfermidade e que em Cristo somos mais que vencedores! Já aprendemos que é através dos ensinamentos dos antigos que fincamos nossas raízes na torrente de água viva. E as principais raízes que nos ajudam na santificação são virtudes comuns como: Obediência, Fé, Confiança, virtudes que geram o amor e nos ajudam a viver nossa Liberdade rumo a Felicidade que não passa, a vida eterna. Estes ensinamentos estão na Palavra de Deus, Fonte inesgotável de vida. Nesta semana santa a nossa catequese será na igreja, participando com da liturgia. Vamos convidar nossos pais e irmãos e juntos participar de toda a paixão de Cristo, para domingo ressuscitar com ELE. A partir da páscoa Jesus vive em mim e eu vivo pro ELE.
Como Fazer: Escolher duas pessoas para levar cada símbolo; No nosso caso será um catequista e um catequisando. Dividir a turma em dois grupos para as orações. Enquanto todos rezam cada oração, o catequista e o catequisando vão devagarzinho, levando o símbolo até o local escolhido. No final da oração coloca-se o símbolo no local indicado.

“Acolhei como Jesus”

domingo, 6 de abril de 2014

DINÂMICA CELEBRATIVA PARA A PÁSCOA

Apresentação da Dinâmica: Vamos fazer na catequese uma grande celebração da Pascoa do Senhor Jesus, em unidade com todos os grupos. A ideia é simbolizarmos a nossa vida com uma ÁRVORE feita em isopor, que será ilustrada de maneira a ficar idêntica a mesma, porem terá também um formato de cruz, para que jamais nos esqueçamos das nossas cruzes. A Árvore para nós terá dois sentidos:

1° sentido - Salmo 1 – (Tempo para meditação) A vida da gente é como uma grande árvore. Germina, nasce, dá flores, frutos... do fruto a semente que irá germinar uma nova árvore. Neste ciclo interminável nossa árvore precisa ser cuidada, regada, adubada para que ao florir e frutificar a esperança se renove.


2° sentido - Evangelho escrito por João 15:1-10. Silêncio para meditação. A vida da gente é como os galhos de uma árvore, só tem sentido real se estiver ligada a Deus, pois ele nos deu seu Espírito para que pudéssemos ter vida NEle. Fora DEle nada tem sentido, a felicidade é passageira, logo murcha e seca. Com Ele a felicidade é eterna e sempre dá muitos frutos.

Como fazer as peças:
Raízes: Faça uma espécie de Caixa em isopor para receber e servir de sustentação para a cruz em forma de árvore. Nesta caixa algumas raízes para a dinâmica conforme a foto. A quantidade de raízes fica a seu critério. A que apresentamos tem seis raízes, uma para cada centro catequético. As raízes representam as virtudes dos nossos Patriarcas, profetas e demais pessoas que no passado fizeram a vontade de Deus, exemplo para nós.  Veja a primeira parte DINÂMICA CELEBRATIVA PARA A PÁSCOA – A Raiz

Árvore: Uma cruz com formato de Árvore feita em isopor. Cada galho da árvore representará o catequista e o centro catequético. Veja a segunda parte DINÂMICA CELEBRATIVA PARA A PÁSCOA - A Cruz


Folhas e frutos: As folhas representam os dons e são feitas em EVA (Emborrachado). Um palito de dente é colocado como caule da folha para fincar no galho. As frutas representam os frutos do Espírito Santo + as virtudes, também com o palito. Folhas e frutos representarão as crianças da catequese.
Como fazer a dinâmica:
A dinâmica será feita em três fases que corresponderão a três partes distintas da mesma. 


1ª fase - Quinta semana da Quaresma – Raízes da árvore (virtudes dos pais de nossa fé, patriarcas e Profetas – Estudo feito na catequese durante o mês de março). Explicando para os catequisandos o sentido de cada raiz, coloque o nome nas raízes. Veja a dinâmica.

2ª fase - Domingo de Ramos e Tríduo Pascal – Tronco da árvore ao qual se associará uma CRUZ + os elementos próprios de cada celebração do Tríduo Pascal. Todos rezam as orações propostas e de acordo com cada oração vá colocando os símbolos pedidos.

3ª fase - Tempo da Páscoa – Ramos da árvore (cada galho representa uma turma de catequese e seu catequista – as folhas e frutos representam cada catequizando e seus dons e virtudes, obviamente o fruto do Espírito Santo). De acordo com o número de catequisandos faça o número de dons (folhas) e frutos ou virtudes (frutos). Ex: Tem 16 crianças na catequese, faça 21 dons, ou seja, 3 x 7 dons + 21 folhas. Sorteia entre as crianças e quando cada criança pegar o seu, será colocado o nome da criança. Os frutos é do mesmo jeito, sendo que x 2, pois para cada criança 2 frutos. Lembrando que cada dom e cada fruto tem o dia apropriado para ser colocado.
Tabela de frutos e Dons – os frutos serão colocados de acordo com cada dom.
Dons do Espírito Santo
Frutos do Espírito Santo
+
Virtudes cardeais e teologais
Piedade
Bondade e Benignidade
Temor de Deus
Temperança e Justiça
Fortaleza
Fortaleza e Paciência
Ciência
Esperança e Alegria
Entendimento
Fé e Fidelidade
Sabedoria
Paz e Caridade
Conselho
Prudência e Mansidão

Tabelas para colocação dos dons na árvore.

II Domingo da Páscoa
Entendimento
III Domingo da Páscoa
Ciência
IV Domingo da Páscoa
Conselho
V Domingo da Páscoa
Temor de Deus
VI Domingo da Páscoa
Piedade
Domingo da Ascensão do Senhor
Fortaleza
Domingo de Pentecostes
Sabedoria

Faça a dinâmica semanalmente, pois a cada semana será estudado um dom e um fruto.

Fonte de iluminação diocese-porto.pt

sábado, 5 de abril de 2014

DINÂMICA CELEBRATIVA PARA A PÀSCOA – A Raiz

Em Cristo encontras a vida, CONFIA

Objetivo: Depois de seguir todos os passos da dinâmica de oração de quaresma e encerrar fazendo o plantio com as sementes escolhidas com muito carinho, hoje iremos iniciar uma dinâmica celebrativa para a páscoa. Esta dinâmica é semanal e precisa ser seguida, passo a passo para ter sentido. No início da dinâmica da quaresma dissemos que a vida da gente é como uma grande árvore. Chegou a hora de cuidarmos desta árvore. Iniciaremos a nossa Árvore pelas Raízes que a sustentam e conduzem alimento e água a todo o seu corpo. São as raízes as responsáveis por uma bela árvore. Vamos prestar bem atenção nos textos bíblicos para entendermos a mensagem. Boa Páscoa para todos.
Material: Uma espécie de Caixa feita em isopor para receber e servir de sustentação para a cruz em forma de árvore. Nesta caixa algumas raízes para a dinâmica conforme a foto. A quantidade de raízes fica a seu critério. As nossas são de acordo com o número de grupos catequéticos em nossa comunidade.


sexta-feira, 28 de março de 2014

Dinâmica de Oração para a quaresma - A Água e o Adubo.

Motivação: Se celebramos tão dignamente os acontecimentos marcantes da vida da gente, imagine os acontecimentos que marcaram a história da salvação da humanidade! Por isso convidamos você para se preparar bem para a Páscoa do Senhor, oportunidade impar para transformarmos nossa vida em dignidade e prosperidade. Assim sendo, é importante preparar o coração para aquilo que se irá viver, vivendo intensamente, e deixar que do coração surjam constantes sentimentos de quem sente alegria de estar unido a Cristo.

domingo, 23 de março de 2014

Dinâmica de Oração para a quaresma


A vida da gente é como uma grande árvore. Germina, nasce, dá flores, frutos... do fruto a semente que irá germinar uma nova árvore. Neste ciclo interminável nossa árvore precisa ser cuidada, regada, adubada para que ao florir e frutificar a esperança se renove. Mas, para que possamos cuidar bem de nossa árvore precisamos seguir as etapas ordenadamente.
Objetivo: Estamos na Quaresma, tempo propício para a oração, meditação e conversão. Precisamos neste tempo sair de nossas vidas habituais para nos retirarmos ao deserto onde faremos um despojamento de nós mesmos, jogando fora tudo aquilo que não nos faz bem. Neste momento ficamos vulneráveis e fracos; Aparece todo tipo de tentação para nos afastar do nosso objetivo; as nossas dúvidas aumentarão, porem precisamos de um propósito, e esta finalidade é um encontro pessoal com Deus. Vamos ser fortes para que o homem velho que existe em nós morra com Jesus e assim ressuscite um homem totalmente novo. Assim será nossa Páscoa. Faça este propósito e nos acompanhe.

sábado, 22 de março de 2014

Dinâmica de oração para a quaresma - A semente

Texto base. Na parábola do semeador Jesus compara o nosso coração com um terreno que pode ser fértil ou não para o plantio. Segundo Jesus cristo (Mt 13,3ss) a semente semeada germina em qualquer tipo de terreno porem, só  cresce a ponto de dar bons frutos se o terreno for bom. Já vimos que para preparar um bom terreno temos que ter uma vida de oração. A intimidade com a oração nos aproxima de Deus e estreita os laços que nos une. Deus nos ama tanto que, ao ouvir uma oração de um coração contrito e sincero, Ele como Pai amoroso se desmancha em amor fraterno e eterno por seus filhos.

Dinâmica - Como mudar o mundo - A corrente do bem

Objetivo: Descobrir que toda ação gera uma reação, assim como todo ato tem uma consequência. Transformar o que é ruim e coisas boas. Saber escolher aquilo que vem de Deus e aplicar na sociedade a partir de você.
Material: Areia prateada, ventilador, 1 folha de papel para cada participante, lápis, borracha, filme: "A corrente do bem".
Como fazer: 1ª Parte - Reúna a turma de catequese e faça um círculo em volta do ventilador da sala. Se a turma for numerosa, convêm que seja dois círculos, um dentro do outro, com as crianças menores na frente. Pegue um pouco de areia prateada e lance no ventilador. Obviamente o ventilador irá espalhar a areia prateada por toda a sala. Até os mais distantes ficarão com algumas marcas de areia.