sábado, 1 de agosto de 2015

Cruzadinha Vocacional

Cruzadinha Vocacional
A dinâmica consiste em preencher os quadradinhos de acordo com as dicas dadas em cada palavra em negrito e grifadas. Ex: A palavra vocação esta em negrito e grifado com a dica (1A). Ela deve ser escrito no número 1, a partir da letra A. A palavra vida esta em negrito e grifado com a dica (A1). Ela deve ser escrita na letra A, a partir do número 1. Todas as palavras estão cruzadas e nem uma se repete. Existem algumas palavras compostas ou pequenas frases como: dom de Deus. Observe a coluna dos números e a linha de letras e verás como é muito fácil. O Importante é que o catequista explique cada frase antes de procurar o local da palavra. Seria Bom que o trabalho fosse feito em grupos.
  Vocação humanaT1Existir – Viver
A primeira Vocação 1A do Ser Humano é a VidaA1.

A vida de todo ser humano é um dom de Deus3A. Deus criou o homem a sua maneira, moldando-o do barro e soprando sobre ele o SEU ESPÍRITO. Fomos criados à imagem e semelhançaK3 de Deus. (Gn 2) Ele nos teceu carinhosamente no ventre de nossa mãeF5, cuidadosamente, e nos amou com amor eterno. Ele nos fez à Sua semelhança para que pudéssemos compartilharC1 com Ele de todos os Seus bens inefáveis: inteligência19M, vontade5R, memória15I, consciênciaE8, capacidade de amar; de sonharN2; de sorrir; de chorar, de cantar; de falar... A vida é a grande15B vocação. Deus chama para a vida, e Jesus afirma que veio para que todos a tenham em abundância. (Jo 10,10)
A vocação à santidade12J está relacionada com a prática concreta da vida. A vocação à santidade consiste na capacidade de responder ao apelo divino por meio da vivência evangélicaR3 do próprio estilo de vida. Só Deus é Santo. Ninguém se santifica sozinho. Este processo se dá a partir do momento em que a pessoa pertence a uma comunidade, a comunidade dos filhos de Deus. O chamado à santidade é um convite a pertencer à família divina. Somos uma geração eleita A6, sacerdócioJ12 realG14, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar16A as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. (1Pd 2,9). Nascemos do amor de Deus e somos predestinados ao Amor. Nossa característica principal é amar e gozar a experiência fascinante de ser filho ou filha de Deus (cf. Ef 1,4-5).
Portanto, ser santo ou santa10I é acolher com alegria e disposição o chamado para tomar parte ativaO18 na missão evangelizadoraK4 da Igreja, para anunciar15Q a todas as pessoas o projeto de vida21D que a Trindade Santa tem para toda a humanidade.  Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos9A amados; (Ef 5:1) Sede vós pois perfeitosI2, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus. (Mt 5:48) Vocês não sabem que são santuárioM9 de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês? (1 Cor 3:16)
Resumindo – Fomos criados à imagem e semelhança de Deus para sermos santos iguais ao Pai do Céu que é Santo. Ser santo é ter vida em plenitude. Independente da vocação que escolher, quer seja sacerdotal14Q, religiosaY6, matrimonialZ4 ou laical18A. É nossa obrigação buscar a santidade para sermos templo do Espírito Santo.  Lembrando que se escolher a vocação matrimonial é até que a morte o separe; se for vocação sacerdotal ou religiosa é para sempre.