sábado, 28 de novembro de 2015

Coroa do Advento - Presépio - Como Fazer

Vamos preparar o nosso local de encontro com Deus? Local de oração deve ser muito bem planejado, feito com carinho e dedicação. Afinal de contas, estamos preparando um lugarzinho para nosso menino Deus! Iremos montar a nossa coroa do advento aos poucos e conto com a participação de todos os nossos amigos. Hoje iremos preparar a nossa "Coroa do Advento". 
Primeiro faça uma armação de ferro contendo local para colocar as velas do Advento, sempre com alturas diferenciadas para que as velas se igualem de acordo com o acender das demais. 

Depois faça um castiçal com espaço para sete velas. Será acesa uma por dia, enquanto rezamos o nosso rosário do advento.  Lembre-se que o número de velas está relacionado com  a Luz de Cristo que aumenta em nossa vida de acordo com a nossa fé. Depois encaixe o Castiçal no centro da coroa do Advento.
Lembre-se de forrar a mesa com papel alumínio para não correr o risco de danificar seu móvel com os pingos de vela. 
A Coroa do Advento deve ser enfeitada de verde, podendo usar folhas artificiais (como no nosso caso: estou usando festão verde simbolizando  folhagens verdes (natureza) e este outro, com um toque dourado simbolizando a realeza, o ouro que devemos presentear o Senhor) ou natural, como por exemplo, renda portuguesa ou outro tipo de samambaia que demora muito tempo para perder a sua cor.
Os ramos verdes são sinais da vida que teimosamente resiste; são sinais da esperança. Em algumas comunidades, os fiéis envolvem a coroa com uma fita vermelha que lembra o amor de Deus que nos envolve e nos foi manifestado pelo nascimento de Jesus. Aqui usamos uma fita em forma de laço com suave toque dourado.

Usamos a toalha roxa devido o seu significado.
O roxo no advento não significa penitência, mas um recolhimento, uma purificação da vida pela justiça e pela verdade, preparando os caminhos do Senhor. O Roxo vem acompanhado do sentido de um recolhimento que alimenta uma esperança.


Agora colocamos as quatro velas da coroa. As velas serão acesas de acordo com as semanas do advento. Nossa coroa começa sem luz e sem brilho. Desta maneira relembramos a experiência de escuridão e do pecado. Na medida em que o Natal se aproxima a luz aumenta, representando a chegada, em meio de nós, do Senhor Jesus, luz do mundo, quem dissipa toda escuridão, trazendo aos nossos corações a reconciliação tão esperada. A primeira vela lembra o perdão concedido a Adão e Eva. As velas da coroa do Advento devem serem roxas, com exceção de uma que pode ser rosa para lembrar o Domingo Gaudete.

Neste ponto, temos que fazer uma cuidadosa distinção: as velas roxas são usadas na coroa do Advento, mas não fazem partes das velas para celebração do Santo Sacrifício da Missa, uma vez que a coroa do Advento surgiu da piedade popular. As sete velas do centro serão acesas durante os sete dias da semana.

Agora é hora de montar a árvore de Natal. 





Gostaria de lembrar o esforço de não dar destaque ao bom velhinho e sim colocar em lugar bem especial o presépio. Este presépio será montado aos poucos. Na primeira semana iremos refletir no valor do Perdão. A nossa preocupação será: porque o homem insiste em se afastar de Deus. Portanto, colocaremos na nossa Manjedoura somente os pastores. Eles representam toda a humanidade que espera ansiosa pela salvação. 
Acendamos a primeira vela.