domingo, 13 de outubro de 2013

Dinâmica dos Discípulos de Emaús - Aprendendo com Jesus - Quinto Passo -

A revelação de Jesus se dá na vida da Pessoa. Ele não invade a privacidade de ninguém e nem faz aquilo que não queremos, pois sendo Deus é o primeiro a respeitar a nossa vontade, assim como a nossa liberdade de escolha. Este é o primeiro passo da “Revelação Evangelizadora de Jesus”. Jesus se faz presente na caminhada das pessoas, principalmente na caminhada daqueles que desejam serem seus discípulos. O caminho não está pronto. Ele se faz e se refaz a partir das novas descobertas, novas perguntas, respostas e propostas para uma vida que se pretende renovar.


O segundo passo da “Revelação Evangelizadora de Jesus” se dá na Palavra de Deus. A partir da nossa vida Jesus se revela na Palavra como luz na escuridão. Ela ilumina todo o ambiente isto é, nos mostra qual a vontade de Deus em relação a nós, nossos sonhos, necessidades, valores, esperanças... este é o 4° passo da ação pedagógica catequética de Jesus.

ELE NOS REVELA AS ESCRITURAS. Como discípulos somos convocados a escutar o que o Mestre tem a nos dizer, através das Escrituras, para compreender e iluminar o chamado ao discipulado e à missão. A Ação de Escutar agora deve ser nossa. Fazemos um confronto com as exigências da fé anunciadas por Jesus Cristo, diante da realidade refletida. Nesta parte aumentamos a luminosidade da casa para poder enxergar melhor. É a hora que refletimos com o grupo para fazer uma ligação mais aprofundada da Palavra com a vida do dia-a-dia e perceber os apelos que Deus nos faz. Pode-se perguntar: O que a Palavra de Deus diz para a nossa vida? Sobre o que nos chama atenção? O que precisamos mudar? Que apelos a Palavra faz para mim e para nós?
Veja a maneira de Jesus catequisar. Ele frisa que os Discípulos “custam para entender e demoram para acreditar em tudo o que os profetas falaram” (v. 25). Notemos bem - não custaram para “saber”, mas para “entender e acreditar”. Pois eram judeus piedosos, que, mesmo sendo analfabetos, conheciam de cor os salmos e as profecias. O seu problema era que embora conhecessem o livro da Bíblia, e também o livro da vida, eles não conseguiam ligar as duas coisas. Então Jesus “explica” as Escrituras - isto é, Ele não dá uma aula de exegese, mas faz a ligação entre a vida deles e a Bíblia, iluminando a sua realidade com a Palavra de Deus.
Explicar as Escrituras é lembrar a prática, a missão e os ensinamentos de Jesus; nos faz retornar à comunidade, assumir a missão e manter viva a esperança. São comuns, nas pessoas e nas comunidades, as crises de entendimento sobre o que significa seguir Jesus. Há os querem seguir o Cristo, o Ressuscitado, mas não querem carregar sua cruz diária. Buscam o Cristo da glória, mas não assumem o preço da perseguição pela novidade que o cristianismo significa. Dores, sofrimentos, perseguição acompanham a missão de quem abre novos caminhos. (2Cor 11,23-30)
A catequese de Jesus começa pela memória da Palavra de Deus, para relembrar aos discípulos que o caminho percorrido pelo Cristo já estava previsto nelas.
“A fé cristã nos faz reconhecer um propósito na existência: não somos frutos do acaso, fazemos parte de uma história que se desenrola sob o olhar amoroso de Deus” (DNC 15)
“A identidade do discípulo missionário de Jesus Cristo nasce da experiência, do encontro vital com o Senhor” (cf. DA 243 e 312).
Concluímos que o 4° passo da ação pedagógica catequética de Jesus é “A Palavra de Deus”“O Verbo Encarnado” como resposta para todos os problemas humanos. A Caminhada de Jesus com os discípulos de Emaús é um modelo de INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ.
Agora que está ficando muito claro a ação pedagógica de Jesus vamos descobrir o 5° Passo?

Agora leia Lc 24, 29 e descubra qual o próximo passo. Veja o que acontece com quem se abre para a escuta atenta. O ato de Escutar tem um significado muito grande e transformador.